Skip to content

Valparaíso, 9/8/2012

agosto 10, 2012

por Luiza Baldan

A viagem parece ter começado no momento em que o sujeito com nome de ex-marido some, uma bicicleta chega e uma pianista aparece; no bar mais antigo da cidade e entre alguns dos seres mais antigos da cidade, onde um jovem “cueca” o seu violão e a pianista “tangueia” a sua voz; no museu de instrumentos antigos, todos chegados a Valparaíso por mãos de viajantes; na garagem estúdio de música onde o som é capaz de te transportar através das paredes acarpetadas para paisagens longínquas; na caixa de música ambulante guiada por um papagaio; no conservatório de música clássica onde se planeja a eletrônica; no ônibus ambientado como uma discoteca ao som de bandeiras e música brasileira.

Havia uma pedra que foi dinamitada. Existe uma que quero dinamitar.

 

 

 

 

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: